Discador: entenda como funciona e quais os principais tipos

25/07/2019 Cobrança 0 comentários
Discador: entenda como funciona e quais os principais tipos - Softium
— Confira também —
Manual da negociação efetiva com agente virtual em cobrança
Bater metas de vendas não é uma tarefa fácil. Manter a equipe motivada e sempre bem treinada, traçar estratégias coerentes aos objetivos e público-alvo e certificar-se de fazer um monitoramento constante são passos fundamentais para aproximá-lo do sucesso, mas saiba que algumas ferramentas podem ajudá-lo a encurtar esse caminho.

É o caso do discador automático, que pode aumentar a produtividade da sua equipe até mesmo em 100%, dependendo do nível de solução usada. Quer saber o que são os discadores, quais seus tipos — e suas diferenças —, como escolher o melhor e como aplicá-lo no seu dia a dia? Venha conosco e tire suas dúvidas!

O que são os discadores?

Basicamente, o discador automático, como o próprio nome diz, é uma ferramenta para uso no call center para automação da discagem para contatos sem intervenção dos operadores.

Ou seja, por meio de um banco de dados central (mailing predefinido), esse recurso dispara automaticamente as chamadas, direcionando-as para o operador que acabou de finalizar um atendimento. Esse processo automatizado elimina três etapas improdutivas de uma operação:

  • buscar um cliente;
  • discar manualmente;
  • possibilidade de contatos não efetivos.

Com o uso desse recurso, temos uma otimização do tempo de atendimento e aumento da produtividade da equipe. Afinal, o processo de discagem manual gera um tempo ocioso significativo e, como consequência, um prejuízo financeiro.

Além disso, o discador ainda beneficia o monitoramento da produtividade e das vendas, pois, com ele, é possível gerar relatórios automaticamente, além do cruzamento de dados para auxiliar na tomada de decisões estratégicas.

Quais os tipos de discadores disponíveis?

Para alcançar os melhores benefícios para o seu objetivo, a escolha do discador deve ser feita de forma consciente, entendendo as peculiaridades de cada tipo de discador e qual é o que mais se adéqua à sua situação.

Então, conheça os 5 tipos de discadores existentes no mercado e saiba como escolher o ideal para o seu negócio.

1. Discador preditivo

É uma das soluções mais intensivas e tem como função antecipar e passar a chamada para o operador tão logo ele termine um atendimento.

A ferramenta usa um algoritmo de discador automático que analisa, de forma inteligente — cruzando dados como tempo médio de atendimento, tempo de discagem e outros indicadores estatísticos e operacionais —, quais agentes estão disponíveis para o atendimento e qual o ritmo para disparar as ligações.

Dessa maneira, o operador não precisa esperar pela discagem e, tão logo estiver disponível, terá um cliente em linha para atender.

É possível concluir que o resultado do discador preditivo depende da resposta da ligação e da disponibilidade dos agentes de atendimento. Portanto, é fundamental que ele esteja ajustado tanto às variações das campanhas quanto da central, garantindo, assim, mais efetividade no processo.

Entre os principais benefícios, estão:

  • diminuição da taxa de abandono das ligações;
  • aumento do número de chamadas realizadas e concluídas durante o dia;
  • mais produtividade para o time;
  • redução de custos (a economia nos gastos resulta da queda na quantidade de ligações abandonadas ou fracassadas);
  • redução do esforço físico do atendente para discar números;
  • torna a gestão de liderança mais fácil, pois a plataforma da ferramenta envolve softwares de gestão de liderança (o processamento das listas de chamadas é feito de forma mais organizada e rápida);
  • aumenta as vendas, por causa das chamadas inteligentes (atendentes e clientes mais dinâmicos e receptivos).

Normalmente, esse recurso tem mais efetividade em campanhas que utilizam 10 ou mais posições de atendimento, já que uma maior quantidade de ligações contribui para aumentar os lucros oferecidos pela ferramenta.

2. Discador progressivo

Ao contrário do preditivo, o discador progressivo identifica um operador disponível para somente então realizar a discagem automática e encaminhá-la ao agente.

De maneira imediata, o sistema aumenta a taxa de sucesso dos contatos, o que é potencializado pelo uso do recurso de transferência inteligente, que possibilita analisar e identificar a maneira como a chamada é recebida, ou seja, a ligação só é encaminhada quando o contato for atendido por uma pessoa.

Chamadas recebidas por secretária eletrônica, máquinas de fax ou canais automáticos são descartadas e não entram nas transferências.

Entre os principais benefícios do sistema, estão:

  • otimização da quantidade de ligações bem-sucedidas;
  • aumento da qualidade do atendimento;
  • redução do tempo gasto pelo operador;
  • redução do tempo de espera entre as chamadas;
  • melhora da produtividade do time.

Para que a estratégia de uso desse discador gere resultados positivos, é fundamental que o mailing esteja atualizado e higienizado; além disso, o ideal é que as chamadas sejam de natureza semelhante, assim, os atendentes podem se beneficiar melhor do recurso.

3. Discador preview

Nesse recurso, os operadores conseguem ver — por meio de um apontador de pré-visualização —, ao final de cada chamada, qual o próximo número da lista. Aqui, fica para o atendente definir quando fazer a chamada, e ainda há a possibilidade de pular o próximo nome da lista.

O sistema é ideal para vendas mais complexas, em que, para o sucesso da campanha, é necessário um pouco mais de pesquisa entre chamadas.

4. Discador inteligente

Uma das premissas desse discador é somente ligar para clientes que pediram contato. Nele, o mais importante é o timing, o momento certo para realizar a chamada para o cliente interessado em seu produto ou serviço. É bastante utilizado em SAC e-commerce, empresas do segmento de educação e serviços. Tem filtro, para evitar ociosidade do operador.

5. Discador power ou overdialing

Trata-se de um sistema bem próximo ao usado no discador progressivo. A principal diferença é que, com ele, os supervisores do call center podem definir a quantidade de contatos simultâneos que serão acionados a partir do momento em que o operador estiver disponível.

Investir no uso do discador é uma estratégia para melhorar os índices de conversão do call center, pois a qualidade dos contatos que chegam ao operador é bem maior, além de otimizar a produtividade, reduzindo o tempo perdido entre uma ligação e outra.

Contudo, é preciso lembrar que o sucesso de qualquer recurso de discador depende intimamente da qualidade do mailing, que deve estar sempre com telefones atualizados e regras de negócio bem definidas.

Quer investir nessa ferramenta que tem tudo para revolucionar o seu negócio? Entre em contato com a nossa equipe e conheça as melhores soluções para o seu caso!

Marcadores: