Já pensou em usar robô de atendimento? Saiba como implementar

24/11/2019 Soluções 0 comentários
Já pensou em usar robô de atendimento? Saiba como implementar - Softium

O atendimento ao cliente é um dos aspectos mais importantes para o sucesso de um empreendimento. Comunicar-se corretamente com o público de interesse faz a diferença para que o negócio se posicione de maneira adequada e tenha bons resultados. Em plena era digital, há novas possibilidades e entre elas está o robô de atendimento.

Essa alternativa oferece muitos benefícios e é bastante versátil, mas tem que ser implementada do jeito certo. Assim, é possível garantir o melhor desempenho para o seu negócio.

Para não ter dúvidas de como utilizar essa opção, veja algumas dicas que não devem ficar de fora ao falar sobre o robô de atendimento!

O que é essa ferramenta?

Também conhecido como chatbot, o robô de atendimento consiste em um recurso automatizado que realiza o contato da empresa com pessoas de interesse. Trata-se de uma alternativa robusta e capaz de atender às principais necessidades.

O funcionamento se baseia na programação de perguntas e respostas específicas, com direcionamento de ações. Também há a adoção de machine learning ou aprendizado de máquina. Com isso, o recurso se torna cada vez mais próximo de um atendente humano, o que favorece a percepção das pessoas.

Imagine que um cliente entra em um site e tem uma dúvida sobre um produto. Com o uso desse robô, ele pode solicitar informações diretamente ao componente. A partir disso, a ferramenta responde com o que ele quiser saber. Com diversas opções, também permite o contato direto com um consultor.

Quais são as suas vantagens?

Um dos principais benefícios do robô de atendimento é o ganho de produtividade. Como se trata de um recurso automatizado, ele atende centenas e até milhares de pessoas ao mesmo tempo. Escalável, é capaz de se adaptar ao crescimento da empresa e oferece muita agilidade no contato.

Outro ponto indispensável é a disponibilidade. Com o chatbot, os indivíduos são atendidos quando precisarem. Isso faz a diferença para conseguir resultados melhores, já que as pessoas demandam cada vez mais uma abordagem personalizada. Na prática, é algo que aumenta a satisfação do consumidor.

Além de tudo, é uma forma versátil de economizar. Eles são distintos dos PAs digitais porque podem ser usados com voz ou por mensagens escritas. Além disso, diminuem a necessidade de equipe de atendimento e otimizam o direcionamento do time. Com menos gastos, há um aumento de lucratividade.

Como fazer a implementação do robô de atendimento?

Para conquistar essas vantagens, é indispensável realizar a implantação de maneira adequada. Somente assim é possível garantir a eficiência esperada, o que melhora o contato com as pessoas. A seguir, veja dicas essenciais para ter sucesso durante a implementação dos recursos.

Veja as necessidades do negócio

Inicialmente, é preciso reconhecer quais são as exigências de atendimento para a empresa. O empreendimento tem um site? Utiliza as redes sociais? Conta com aplicativo? Cada ambiente tem necessidades específicas, as quais devem ser atendidas de maneira completa.

Também é importante compreender quais são os objetivos do robô automatizado. Ele ajudará a fazer uma compra? Solucionará dúvidas? Trará resoluções para problemas? Tudo isso deve ser analisado, de modo a ter um recurso que cumpra as etapas.

Considere seu público

Outro aspecto relevante para a implementação é o entendimento sobre o público. Conhecer as preferências das pessoas e o quão familiarizadas estão com essa abordagem ajuda a desenvolver uma ferramenta melhor.

Isso, inclusive, serve para definir a linguagem, a atuação e quais são as etapas mais comuns do atendimento. A intenção é utilizar uma ferramenta específica e voltada para as demandas pontuais de cada público.

Mapeie processos

Para que não ocorram erros, a implementação de robô de atendimento ainda tem que passar pelo mapeamento de procedimentos. É necessário identificar os pontos de contato de uma pessoa e como é o fluxo.

A empresa usa um CRM? Então, os dados coletados pelo chatbot devem ser integrados a essa base de informações. O autoatendimento de problemas tem maior demanda? A etapa passa a precisar de mais atenção.

Além de tudo, reconheça o que acontece da primeira à última interação. Planeje o que ocorre em cada possibilidade de resposta e como cada pessoa deve ser conduzida. Isso evita falhas e garante que a etapa esteja compreendida.

Identifique o que pode ser automatizado

No entanto, nem tudo oferece a chance de automação. Há casos em que o contato com um consultor de vendas é obrigatório. Em outros, não é possível solucionar um problema específico sem uma pessoa no atendimento.

É indispensável reconhecer tudo o que pode ser automatizado e identificar o que exige algum tipo de intervenção humana. É a melhor maneira de construir fluxos e fazer uma “triagem”, para que cada um receba o contato que atende a cada necessidade.

Implemente de forma gradual

Por mais que o robô de atendimento seja positivo, ele não deve ser implementado de uma só vez. Há o risco de desestruturar o processo de contato com o cliente, o que causará grandes prejuízos.

O ideal é realizar a mudança de forma gradual, como uma transição. Comece implementando a solução nas redes sociais e depois no site, se for o caso. Isso permite que o público responda melhor à alternativa e garante que o empreendimento tenha mais segurança na etapa.

Prepare-se para a adaptação

A implementação de uma abordagem automatizada transforma intensamente o ambiente de trabalho. É preciso acompanhar os resultados, fazer as mudanças necessárias no recurso e modificar a estrutura de atendimento para que isso seja viável.

Portanto, a empresa deve estar pronta para se adaptar a essa nova realidade. Treinar os colaboradores é importante, assim como usar as ferramentas adequadas. Desse modo, é possível garantir que o processo de implementação aconteça da melhor maneira.

Contrate uma equipe de desenvolvimento

Não basta seguir esses passos. É indispensável ter um recurso personalizado, que se encaixe nas exigências do negócio e que ofereça muita qualidade. Para tanto, é recomendado contratar um time de desenvolvimento.

Especializados em soluções de atendimento, os profissionais conseguem elaborar o robô adequado para o seu mapeamento de processos. Além disso, garantem o suporte para que a implementação seja bem-sucedida. Então, é indispensável fazer a escolha de uma boa responsável para a execução da tarefa.

O uso do robô de atendimento já é uma realidade para muitas empresas — e a sua não precisa ficar de fora. A implementação deve ser estruturada e, principalmente, contar com uma boa solução. Com isso, é possível obter as vantagens desse recurso.

E por falar em inovação e tecnologia, veja tudo sobre a nova geração dos contact centers e saiba o que esperar!

Marcadores: